Como negociar com um cliente que rejeitou a sua oferta

Busca mais conhecimento?

Se você já tentou vender ou começou a sua carreira em vendas. Saiba que a frase que você vai mais ouvir na sua vida é: “Não, obrigado”. Eu tenho absoluta certeza que será essa. Sabe porque. É natural do ser humano, recusar aquilo que ele: Desconhece, tem medo ou precisa de uma aprovação social para ter. Ou seja. É instintivo em cada habitante da terra, recusar a sua primeira oferta. É por isso que existe um processo de amadurecimento e construção em vendas. Onde o objetivo principal não é vender de imediato e sim, manifestar o interesse na compra do seu produto, seja por persuasão, escassez, relacionamento, mas neste ponto é você quem decide.

O que você precisa entender é que o Não, é natural do ser humano e as vezes também é um pouco de charme. Por isso não desista da venda, quando um cliente disser não. Apenas contorne a situação. Mas antes que isso aconteça. Desenvolva um relacionamento com o cliente. Educando ele e reformulando o instinto dele para o sim. Desta forma, quando você apresentar a sua oferta ele já terá a predisposição a comprar. É aqui que você atua no subconsciente do seu cliente. Reformulando a negação do seu produto pela aceitação. Mas então como que se faz?

É um exercício muito simples, você conduz a conversa de forma agradável e proposital para que o seu cliente diga sim várias vezes. Vou dar um exemplo: “Sr. João, você gostou da cobertura deste apartamento? Sim! Sr. João, o que você achou do acabamento dos armário embutidos? (resposta positiva: conta como um sim) Gostei, achei bem reforçado. Agora me diz uma coisa Sr. João, o que mais você gostou neste apartamento? Eu gostei da varanda, da cobertura, do estacionamento, tem várias coisas que me agradou aqui. Sr. João, eu tenho certeza que este apartamento trará alegria a sua vida. Assim como você está reluzente agora. Para que essa alegria no Sr. Seja sempre prospera e o que Sr. Sempre tenha ela contigo.  Vamos fechar agora a aquisição deste apartamento. Eu já vou dispensar agora os dois casais que iriam ver este imóvel. O que me diz? De continuar feliz assim como o senhor está agora?” O que você fez aqui? Você simplesmente atuou no emocional do cliente, reformulou a negação do seu produto por suscitavas frases de animo e estimulação. E no final para fechar com chave de ouro. Usou a escassez e a lei da oferta para criar a desenvoltura necessária para fechar uma venda. Olha, eu tenho certeza que desta forma , a sua probabilidade de venda aumentará e muito em consideração a dos seus concorrentes. Antes de você ir embora, conheça o maior e melhor treinamento de persuasão do Brasil, clicando aqui.

Dica extra: Vendedor bonzinho não vende, se o seu caso é varejo você precisa “agressivar”, não ter medo de levar não. O não você já tem, o seu passo agora é reverter no sim. Outra dica é, não esboce reações que condenem suas intenções, principalmente quando for falar de preços altos. Lembre-se qualquer empresa, mesmo que fundo de quintal, só sobrevive com vendas. Por isso, não existe vendedor perfeito, existe vendedor guerreiro.

Olá Humberto Volts aqui =)
Este é meu site que deixo como herança para meu filho e para todo aquele que deseja ter conhecimento.

Como negociar com um cliente que rejeitou a sua oferta

Busca mais conhecimento?

Se você já tentou vender ou começou a sua carreira em vendas. Saiba que a frase que você vai mais ouvir na sua vida é: “Não, obrigado”. Eu tenho absoluta certeza que será essa. Sabe porque. É natural do ser humano, recusar aquilo que ele: Desconhece, tem medo ou precisa de uma aprovação social para ter. Ou seja. É instintivo em cada habitante da terra, recusar a sua primeira oferta. É por isso que existe um processo de amadurecimento e construção em vendas. Onde o objetivo principal não é vender de imediato e sim, manifestar o interesse na compra do seu produto, seja por persuasão, escassez, relacionamento, mas neste ponto é você quem decide.

O que você precisa entender é que o Não, é natural do ser humano e as vezes também é um pouco de charme. Por isso não desista da venda, quando um cliente disser não. Apenas contorne a situação. Mas antes que isso aconteça. Desenvolva um relacionamento com o cliente. Educando ele e reformulando o instinto dele para o sim. Desta forma, quando você apresentar a sua oferta ele já terá a predisposição a comprar. É aqui que você atua no subconsciente do seu cliente. Reformulando a negação do seu produto pela aceitação. Mas então como que se faz?

É um exercício muito simples, você conduz a conversa de forma agradável e proposital para que o seu cliente diga sim várias vezes. Vou dar um exemplo: “Sr. João, você gostou da cobertura deste apartamento? Sim! Sr. João, o que você achou do acabamento dos armário embutidos? (resposta positiva: conta como um sim) Gostei, achei bem reforçado. Agora me diz uma coisa Sr. João, o que mais você gostou neste apartamento? Eu gostei da varanda, da cobertura, do estacionamento, tem várias coisas que me agradou aqui. Sr. João, eu tenho certeza que este apartamento trará alegria a sua vida. Assim como você está reluzente agora. Para que essa alegria no Sr. Seja sempre prospera e o que Sr. Sempre tenha ela contigo.  Vamos fechar agora a aquisição deste apartamento. Eu já vou dispensar agora os dois casais que iriam ver este imóvel. O que me diz? De continuar feliz assim como o senhor está agora?” O que você fez aqui? Você simplesmente atuou no emocional do cliente, reformulou a negação do seu produto por suscitavas frases de animo e estimulação. E no final para fechar com chave de ouro. Usou a escassez e a lei da oferta para criar a desenvoltura necessária para fechar uma venda. Olha, eu tenho certeza que desta forma , a sua probabilidade de venda aumentará e muito em consideração a dos seus concorrentes. Antes de você ir embora, conheça o maior e melhor treinamento de persuasão do Brasil, clicando aqui.

Dica extra: Vendedor bonzinho não vende, se o seu caso é varejo você precisa “agressivar”, não ter medo de levar não. O não você já tem, o seu passo agora é reverter no sim. Outra dica é, não esboce reações que condenem suas intenções, principalmente quando for falar de preços altos. Lembre-se qualquer empresa, mesmo que fundo de quintal, só sobrevive com vendas. Por isso, não existe vendedor perfeito, existe vendedor guerreiro.

Olá Humberto Volts aqui =)
Este é meu site que deixo como herança para meu filho e para todo aquele que deseja ter conhecimento.